segunda-feira, 31 de março de 2014

Aquilo que ouves

Ouves heavy metal, punk hardcore, grunge, trash metal, industrial, stone rock ou nu-metal e dizem que tens um problema. Isto porque quem ouve tais “barulhos” não pode ser bom, é projecto a psicopata e olham-te de lado, ainda mais nos tempos que correm, quando se pensava que tais sons estavam extintos, e pior, completamente fora de moda. Desse modo serás olhado de lado, em particular por aqueles que se dizem normais e que ouvem, como tal, a dita música normal, a música que passa na rádio, que é publicitada, na maior parte das vezes fabricada, a verdadeira música, que sabe a pastilha elástica, é totalmente sintética, não tem calorias porque não alimenta, tem apenas sabor sem substância e não esse barulho de loucos que tu ouves. Obviamente que gostos não se discutem, no entanto eu discuto a falta de gosto que alguns têm ao criticarem aquilo que desconhecem, na maior parte das vezes não por uma questão de gosto mas sim pelo facto de serem ocos por dentro e assim classificarem-te por algumas das coisas que ouves e não por quem és.

Por isso se quiserem singrar na vida social não oiçam nada disto, pelo menos em público, façam-no às escondidas, e perante certas pessoas afirmem que ouvem aquela música onde os intérpretes escandalizam as pessoas porque são bons(as) e bonitos(as), têm videoclips demasiado explícitos, porque vivem supostas novelas amorosas entre eles ou aparecem explicitamente na internet a ter sexo com os parceiros, porque isso sim, isso é que interessa, a música em si é apenas um aperitivo. 

3 comentários:

GATA disse...

Nunca me importei com a opinião dos outros e agora muito menos!

A nível musical, eu gosto de tudo um pouco. E ouço o que me apetece, e não o que é socialmente correcto!

A Minha Essência disse...

De facto os rótulos e afins estão em alta nesta sociedade. Mas tal como a Gata, o que me vale, também, é que não ligo puto para o que os outros pensem ou deixem de pensar. Não pagam as minhas contas e tudo mais por isso, os ponho a remeterem-se às suas insignificâncias.

Sobre as músicas: gosto de tudo um pouco, sendo que rock, aprecio mais as músicas calmas. ;)

hierra disse...

Bem, eu tb sou daquelas que opinam que o gosto pelo heavy metal está associado a uma dark soul...confesso que é um preconceito mas a dita música não me diz nada! Contudo, ouvir a música comercial daquela feita pela miley cirus e rihanna e afins é de fugir :) Basicamente, não somos necessariamente as músicas que ouvimos e sinceramente tb ando um bocado nas tintas para o que os outros pensam!