terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Sonho e realidade

Se sonhamos demasiado alto, ou somente alto para os nossos padrões, é quase certo e garantido que o trambolhão ocorra, ainda por cima com aviso prévio. Se por outro lado não sonhamos de todo, não queremos saber de sonhos e fincamo-nos somente na realidade, sempre nos surpreendemos quando não deveríamos ser surpreendidos, em especial na tónica negativa.


2 comentários:

GATA disse...

Como disse há uns tempos, os sonhos são uma droga na qual eu fui viciada e da qual estou 'limpa' há mais de uma década.

hierra disse...

Deve haver algures um meio termo...algo entre o sonho e o pesadelo;)