terça-feira, 7 de junho de 2016

Ir para onde?

Ir para onde não se sabe, na esperança de encontrar o que se desconhece, sem esperança no entanto, de encontrar o que quer seja. Nada de diferente, porque o alternativo não se procura, encontra-se, encontra-se onde não se sabe, quando não se percebe, nem se espera. E quando se espera, quando se quer nada se encontra, mas sem ir como encontrar? O que fazer então? Ficar sentado à espera sem nada esperar? Ou esperar encontrar porque se procura, para nada se encontrar, porque nada se encontra quando se procura…

2 comentários:

GATA disse...

A vida ensinou-me a nada esperar da vida...

AC disse...

Não esperar nada, viver feliz com o que se tem, aproveitar tudinho o que a vida nos dá, mas não desistir nunca de procurar. Esta é a minha filosofia de vida e não me dou nada mal com ela.

Beijinho Criança Terrível